EPIs e instruções de saúde no combate ao COVID nos canteiros de obra

Categories: Tags:

Durante a pandemia do COVID 19, alguns serviços foram definidos como essenciais à manutenção da economia e das necessidades básicas da sociedade, como é o caso da construção civil. Por conta disso, podem funcionar respeitando as recomendações da OMS/Ministério da Saúde são elas:

– Lavar bem as mãos, roupas e utensílios sempre que possível com água e sabão ou detergente de preferência

– Utilizar álcool em gel 70% sempre que possível para higienizar as mãos, teclados, corrimões, EPIs etc.

– Recentemente foi determinado com item obrigatório em algumas cidades brasileiras, o uso de máscaras em todos os lugares.

Fonte: Anvisa

Além das recomendações da OMS e do Ministério da Saúde, preparamos algumas dicas importantes para preservação da saúde e segurança dos colaboradores nos canteiros de obra, colocando em prática todas as recomendações:

  1. Manter todos informados e incentivar os cuidados com a contaminação é muito importante para garantir o funcionamento das medidas, por isso, sempre deixe visível cartazes e ilustrações com as informações sobre a doença ou as medidas a serem tomadas por exemplo.

 

  1. Para regular e manter a distância entre as pessoas, marcações no chão em locais de fila como a entrada, refeitório e vestiários, garante que todos obedeçam às limitações de proximidade.

 

  1. Pensando em prevenir a aglomeração, medidas como revezamento de pessoas no refeitório ou em equipamentos (como Elevadores) e aumentar a distância entre os acentos nas mesas de alimentação são muito importantes.

 

  1. Limpeza do canteiro de obra, torneiras, lavatórios, mesas, armários, ferramentas e EPIs é uma das maneiras mais eficazes de evitar a contaminação pela doença.

 

  1. Medir a temperatura dos operadores sempre quando chegarem pode ser uma medida de extrema eficácia na detecção de possíveis contaminados, uma vez que, um dos principais e mais comuns sintomas da doença é a febre alta.

 

  1. Ficar sempre atento a possíveis sintomas (como tosse, falta de ar e febre alta) apresentados pelos colaboradores, pode ajudar a afastá-lo do local de trabalho a tempo, evitando a contaminação generalizada.

Com essas dicas, fica mais fácil colocar em prática as recomendações de saúde e segurança na construção civil. Assim, com todos fazendo a sua parte, evitamos mais contágios à COVID19 e contemos a disseminação da doença sem parar os serviços essenciais, além de contribuir para a movimentação da economia e manutenção dos trabalhos no país.

 

Fontes:

https://cbic.org.br/covid-19-construcao-civil-amplia-esforco-na-protecao-do-trabalhador/

https://abrasfe.org.br/covid-19-construcao-reforca-medidas-de-seguranca-e-saude-do-trabalhador/

https://www.saude.gov.br/noticias/agencia-saude/46540-saude-anuncia-orientacoes-para-evitar-a-disseminacao-do-coronavirus

Manutenções durante a entressafra

Categories: Tags:

Durante essa época do ano, usinas, siderúrgicas, petroquímicas entre outras indústrias do ramo, param suas atividades para a realização de manutenções, reformas e (mais…)

Conforto e design chegando a Porto Alegre

Categories: Tags:

As construtoras de maneira geral, parecem estar seguindo a tendência mundial da diminuição do tamanho das residências. Isso não por (mais…)

Cuidados no transporte de aço no canteiro de obras

Categories: Tags:

transporte de aço

O transporte de aço no canteiro de obras requer atenção e cuidados dos operadores. O movimento inadequado pode representar riscos aos operários e pessoas que circulam pela construção. (mais…)

A IMPORTÂNCIA DO PROTETOR AURICULAR

Categories: Tags:

Uso de protetor auricular

Sabemos que os trabalhadores do setor de construção estão expostos frequentemente a ruídos de alta intensidade. Exposições em excesso podem provocar (mais…)

QUAIS OS EQUIPAMENTOS DE SEGURANÇA MAIS USADOS NAS OBRAS DE CONSTRUÇÃO?

Categories: Tags:

epi-segurança-do-trabalho

Nos últimos anos, o Brasil acompanhou o elevado número de acidentes fatais envolvendo operários que trabalhavam em obras grandiosas de estádios país afora, por meio de uma infinidade de notícias divulgadas pela mídia. Não por acaso, o setor da Construção Civil responde pelo maior índice de acidentes de trabalho, muitos dos quais poderiam ser evitados pelo uso correto dos equipamentos de proteção individual ou coletiva, além da supervisão intensiva de um profissional de segurança devidamente habilitado.

Com o “boom” do mercado imobiliário e dos projetos relacionados à mobilidade urbana nas grandes cidades, é quase impossível andar pelas ruas e não esbarrar com alguma obra. Porém, nem sempre o cuidado com a segurança dos trabalhadores acompanha a necessidade de lucro de empreiteiras e construtoras, que são frequentemente multadas pelos fiscais do trabalho em função do uso irregular de EPIs ou EPCs, ou simplesmente pela falta deles.

No post de hoje você vai conferir alguns dos principais equipamentos de segurança que não podem faltar em qualquer canteiro de obras, principalmente (mais…)

3 LEIS DE SEGURANÇA DO TRABALHO QUE PODEM EVITAR PREJUÍZO PARA SUA EMPRESA

Categories: Tags:

3-seguranca-do-trabalho
Para que seja preservada a Segurança do Trabalho, é necessário cumprir algumas normas e leis específicas que, quando seguidas, ajudam a evitar ou minimizar a ocorrência de doenças ocupacionais e acidentes de trabalho, protegendo a integridade do trabalhador, como visa o Ministério do Trabalho. Neste post, explicaremos um pouco mais sobre a importância dessas leis. Confira:

O que fazer para se adequar às leis de segurança do trabalho

Para que uma empresa se adeque a estas normas, é necessário, em primeiro lugar, que exista dentro da empresa um quadro de profissionais devidamente qualificados para cada função. A constituição de uma equipe de segurança de trabalho integra a SESMT (Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho).

Além da equipe multidisciplinar, é necessário o estudo da legislação de segurança do trabalho e das normas técnicas, para que fique claro até onde vai a responsabilidade do empregador e o que compete aos empregados no que diz respeito à segurança. É necessário também um estudo prévio do ambiente de trabalho, para verificar quais são as causas de acidentes de trabalho, promover palestras e treinamentos para que todos os pontos sejam esclarecidos e também para manter os empregados sempre bem informados quanto à finalidade da adoção das normas de segurança, além da devida aplicação de EPCs e dos EPIs.

A verificação periódica dos resultados obtidos com as medidas tomadas ajuda a analisar se existe a necessidade de realizar novos ajustes nos métodos de segurança utilizados pela empresa.

Quem está apto a realizar esta tarefa

Para realizar um trabalho completo de prevenção, é necessário estar sempre em dia com a medicina do trabalho, mantendo no calendário anual da empresa datas fixas para a realização de exames médicos do PCMSO (Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional). Caso seja necessário, a empresa também poderá requerer a avaliação psicológica do empregado, assim como outras medidas cabíveis.

Principais normas de segurança do trabalho

Destacamos algumas Normas Regulamentadoras (NRs) relacionadas à área da construção civil, são elas:

NR 4

A norma de serviços especializados em engenharia de segurança e em medicina do trabalho tem a finalidade de promover a saúde e proteger a integridade do trabalhador no local de trabalho. Caso não seja cumprida, essa norma pode gerar transtornos para os gestores, já que, nos dias de hoje, é essencial que qualquer empresa respeite as leis de segurança do trabalho. Do contrário, elas podem ser sujeitas a multas e punições.

NR 18

A NR 18, de Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção, trata da aquisição do maquinário da empresa, que deve conter instruções de segurança em português, proteção para evitar acidentes e um dispositivo de corte de energia, caso algum equipamento de segurança não esteja devidamente fechado. Porém, é muito importante que os profissionais sejam capacitados para usar esses tipos de ferramentas, caso contrário, elas podem gerar confusões e alarmes falsos na empresa.

NR 26

A lei de Sinalização de Segurança normatiza a padronização das cores que serão utilizadas para a demarcação de segurança no ambiente de trabalho, sempre visando a preservação da integridade física dos trabalhadores.

A Secretaria de Segurança e Saúde no Trabalho é o órgão responsável pela fiscalização de tais normas. É ela que orienta os colaboradores para a implantação das NRs e, nesse ponto é muito importante saber que, nos casos em que a empresa não segue corretamente as normas de segurança, a secretaria tem total liberdade para penalizá-la. Portanto, conheça bem as leis de segurança do trabalho e evite que elas possam se tornar um problema para o seu negócio!

O principal benefício obtido pela empresa que segue à risca as Normas Regulamentadoras do trabalho é a garantia da confiança de seus empregados, o que resulta no aumento da produtividade. Mais uma vez, é importante ressaltar: não deixe que essas medidas de segurança se tornem problemas para a sua empresa — elas existem para melhorar a situação de todos, tanto funcionário, quanto empregador.

Você já conhecia essas leis de segurança do trabalho? Sua empresa segue corretamente tais recomendações? Compartilhe conosco sua opinião!

NORMAS TÉCNICAS DE EPIs FORAM ATUALIZADAS PELO MTE

Categories: Tags:

normas epis mte 2013
O relatório atualizado pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), disponibiliza as normas técnicas aplicáveis aos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), utilizados na construção civil e em diversas atividades.

Confira as normas!